Carta de Retalhos – mensagem de William Netto Candido

Carta de Retalhos – mensagem de William Netto Candido

Meu irmão,

As situações se apresentam a nós, como devem aparecer.
Todos temos o que vencer e trabalhar, e transformar.
Nada é um conto de fadas mesmo porque não somos príncipes!
O trabalho em Jesus é tão vasto, que não realizamos mais do que um grão de areia….
Nosso coração ainda está tão pequeno, que as lições de amor desfilam entre nós e não sabemos como realizá-las…. mas, tudo que fizemos e fazemos buscando ancorar à Mãe Maria em nosso coração e caminhar pelas pegadas de Jesus, nos confere uma grande conquista.
Olhando a história vivida entre vocês, os amigos do “Grupo Socorrista”, só tenho a me orgulhar.
Sei que plantei várias sementes, sei que não precisaria ter sido rude tantas vezes, mas em momentos de fragilidade, erroneamente, usamos da agressividade para nos fazermos fortes….
A espiritualidade é magnífica. Há uma grandeza nessa construção divina que nosso pensamento não alcança.
Todos estamos a Serviço… O mundo está a Serviço…. O universo está a Serviço…. As galáxias estão a Serviço de “Algo muito Maior”……..
O que dizemos, falamos aí é tão pouco.
Precisamos abrir nossas mentes e coração para o Maior e Maior….. Termos consciência do grão de areia frente a uma galáxia, e aí estaremos próximos de conhecer o nosso lugar na Criação.
Meu amigo, às vezes nos desequilibramos, porque todos trazemos essas informações em nossas células e quando, de longe, as acessamos, não conseguimos discernir e nos confundimos…., ainda brigamos por ter razão, ser o que comanda… Quão fácil seria, apenas nos unirmos, com nossas consciências despertas e apenas realizarmos o que nos cabe. Sair do querer ser e apenas ser…
Acreditam que a Terra tem vida e outros planetas não?
Acreditam que Deus seria tão pequeno para criar planetas apenas para enfeitar?…
Muitas formas de vida não tridimensionalizadas se espalham pelos Universos, pois também, não é um só e por não termos a competência de registrá-los, não existem…? Quanta arrogância…. E porque eu não vejo o que você vê, considero que você inventa…? Veja a proporção dos julgamentos. Nós sim, os outros não…
Deus nos criaria para sofrermos a deterioração que sofremos? Não, apenas escolhemos deteriorar…. poderíamos mudar de plano, simplesmente avisando…: ” Terminei por aqui, vou-me daqui a 2 horas ” e simplesmente ir… Sem causar comoções, porque não deixo de existir nunca mais… Sou criação divina em aperfeiçoamento dos potenciais que carrego em mim e neste que sou, encarnado ou não, trago os registros da evolução na Terra, em tudo que participei… basta acessar… você não estará louco. 
Quanto podemos em nome do Amor e quanto declinamos deste poder pela vivência de algo menor. Mas quantos confundem o Amor Maior com a ausência de limites que a disciplina que a vida nos convida a experienciar, e dizemos não, em nome de uma liberdade infantil, imatura e ilusória.
Somos livres dentro de um único recanto e somos prisioneiros em um campo aberto….
Quanto essas propostas de pensamento povoaram, de forma mais simples, minha mente e hoje me deparo com o experimentar a Grandeza da Vida…
Olhar para a história nos faz fortes, saltar para o futuro pode ser uma ilusão, mas olhar para as infinitas possibilidades que se descortinam a nossa frente é o que precisamos aprender…
No atendimento dos que nos buscam na cura, sempre foi o foco, “não deixar ninguém sair com dor”. Jesus em sua presença amorosa, desperta em cada um a cura de sua própria dor. Não fazemos nada, apenas somos como o toque “mágico” de Jesus que desperta no outro a sua consciência de curar a sua dor e assim olhamos felizes o outro sem dor…
A nossa Casa deve ter em cada dia aqueles que são instrumentos para tirar a dor!
O mundo precisa dos que amam, e ao amarmos não deixamos que a dor aconteça, contando com o desejo do que não quer sofrer….
Nada é ofertado sem critério pela Espiritualidade.
O divino é belo, suave e forte. E assim para tudo que estiver disponível, entrará cada um a fazer a sua parte.
Não participemos da Guerra da Ucrânia = não critiquemos, não julguemos, não menosprezemos, não desqualifiquemos… e muitos nãos vão se enfileirar…. Apenas amemos.
Por vezes, não temos consciência do que viemos executar, mas entramos no caminho e o caminho da LUZ e do SERVIR não tem volta e nem parada.
Esta nossa Casa pode ter uma “filha” idêntica, meu irmão, no “Além Mar”… tudo com você…
Vivemos muitas situações significativas e as guardo em meu coração. Conta comigo.

Reportando-me agora ao meu Pedaço, que busca tão bravamente dar vida e sustentação aos Socorristas que se reúnem ao seu redor. Não se preocupe em crescer…, apenas em ter e sempre e mais qualidade, o restante vem como consequência.
Tuas angústias, meu filho, chegam até aqui onde somos muitos a trabalhar para tua sustentação e a do Grupo.
Aquele que busca semanalmente relembrar a nossa história, para que outros a conheçam, fortalece a Alma da Casa…
Muito há por vir em acontecimentos na Terra, no Brasil e no Socorrista, mas devemos ter a tranquilidade de lidar com cada coisa a seu momento.
Filho, o “Grupo Socorrista” é um Grupo que presta socorro aos que sofrem… Este é o nosso lema. Somos muitos a trabalhar por isso.
Tudo tem um sentido, um rumo, um caminho, uma expressão que é individual, mas também universal…
Muito há para se falar, muito há para se relembrar, porque eu estou em vocês e vocês estão em mim… os assistidos estão em nós e nós neles.
Não há mais tempo para reducionismos.
A vida nos planetas está na Terra e a vida na Terra está nos planetas…
Gostaria de falar mais, e mais claramente, mas é o bastante por ora…
O caminho é o Amor, simples e claro, leve e lúcido.
Não termos medo de Amar.

Um abraço, irmão,

William Candido.

“A lua de morango é um presente divino”.

Mensagem psicografada em 15 de Junho de 2022, na sede do Grupo Socorrista São Paulo, pela médium Any/Eliane P. Santos

Fechar Menu